terça-feira, 31 de março de 2009

Do seu jeito

Seduz, e tem um jeito de menino em fazer isso.
Seu jeito de homem cultiva uma saudade distante,
que se renova, com mais amor,
a cada novo amor.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Sem fim

Hoje não chorei como naquele dia.
Fugi do sonho e me encontrei em mim.
Desfiz sua imagem e a refiz em mim.
Te arranquei de um mundo e recoloquei em mim.
Te salvei de um tormento e me salvei de mim.
Me obriguei a te amar.
E recebi amor sem fim.

sexta-feira, 20 de março de 2009

Nem sempre eu

Quem sou eu que não te reconheço em sua forma?
E que não te deixo aparecer?
Quem sou eu que tenho medo do que vejo mas não encontro?
E que não te aceito?
Quem sou eu que te misturo num só?
E que não desapego do que não me pertence?
Quem sou eu que não quero que o tire de mim?
E que não sei amar?
Quem sou eu que descubro antes a falta do que a presença?
E que me aprisiono no que me liberta?
Quem sou eu que vivo mas não assumo?
E que me entrego em minha própria vontade?
Quem sou eu que pareço a ilusão?
E que por parecer, atraio a desilusão?
Quem sou eu que entendo o que quer me ensinar?
E que por isso, sei que só dói depois de toda chance se esgotar.

domingo, 8 de março de 2009

Tempo

No seu tempo,
no meu tempo,
nos encontraremos na metade desse tempo.

quarta-feira, 4 de março de 2009

Vento

Sendo o ar nada me segura, nem me aprisiona
Me envolve e retém um pouco de mim por tempo infindo
ou muito de mim só por ora
Vou e volto sem deixar rastros, mas largando marcas
Preciso da troca para viver
um tanto de mim em vc, outro tanto de você em mim
Sem sobras, somente o justo, por ora.