domingo, 31 de maio de 2009

Remendos

Não quero remendar coisas velhas,
quero coisas novas e melhores,
coloridas e divertidas,
sem furos, rasgos ou surradas,
nem desbotadas ou usadas,
extravagantes ou mortas,
apenas novas e melhores,
sem remendos, apenas emendas.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Agora?

Quem é você agora?
Te dividi em dois, que não reconheço mais.
Dois.... mas que um faz parte de mim.
Um que me assusta e outro que é indiferente.
Hoje percebo um de você.
Diferente de antes, mas qual?
Indiferente, é diferente.
Hoje percebo uma parte inacessível de você.
Apesar deu não ter afeto, nem adepto.
Sinto pouco de você, mas será que dei parte de mim?
Falta algo de você, mas sei que também falta de mim.
Me vejo mais em você, apesar der não te perceber em mim.
Afinal,
Quem sou eu em você?
Sem saber... aonde você está.... agora...
Apesar de não saber quem é você, com ou sem mim.
Quem é você agora?
Eu sou eu, sem você, agora.