domingo, 22 de setembro de 2013

Caminho

Hoje sou 4, sou 1, sou infinidade e nada ao mesmo tempo. Muitas idas, nenhuma vinda. Muita ida sem volta. Contido, exacerbado. Sem dono, sem paradas, sem fim, sem mim.

domingo, 16 de junho de 2013

A frente

Por pouco não parei lá. escutei a musica, me escutei e atravessei. Não parar me fez chegar aqui. Pela metade, reconstruída. Ficar aqui e me ver a frente me conta do adiante. Futuro de uma noite, presente de um dia, sensação de muito antes. Antes que já existia sem aparecer. Me esperou chegar pra acontecer. E inesperadamente, me fez chegar aqui.

domingo, 2 de junho de 2013

Pôr do sol

Voltar, sentir de volta, ir pra beira do rio, ver suas margens e não temer a correnteza. Subir num barquinho de papel e flutuar. De olho no pôr do sol, nós nos deixamos ir. 

Time

Em tempos que não passam, horas que não voltam, sonhos que não chegam, vindas inesperadas o despertam, pra vida, pro mágico, pros dias que não chegam.